EUA reafirma apoio ao Brasil na OCDE

Publicado por

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil divulgou nota oficial, (10/Out), para reafirmar o apoio do país ao ingresso do Brasil na Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

OCDE

Criada em 1961 e com sede em Paris, a OCDE é uma organização internacional formada por 36 países, incluindo algumas das principais economias desenvolvidas do mundo, como Estados Unidos, Japão e países da União Europeia. Entretanto, tem entre seus membros economias emergentes latino-americanas, como México, Chile e Colômbia.

“A declaração conjunta de 19 de março do presidente Donald Trump e do presidente Jair Bolsonaro afirmou claramente o apoio ao Brasil para iniciar o processo para se tornar um membro pleno da OCDE e saudou os esforços contínuos do Brasil em relação às reformas econômicas, melhores práticas e conformidade com as normas da OCDE. Continuamos mantendo essa declaração”, diz a nota.

A Embaixada dos EUA, através do Secretário de Estado Mike Pompeo, disse ainda que o governo do país apoia a expansão da OCDE.

“Apoiamos a expansão da OCDE a um ritmo controlado que leve em conta a necessidade de pressionar as reformas de governança e o planejamento de sucessão”.

Onyx

Para o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o mais importante é que o Brasil consiga internalizar reformas econômicas e administrativas para se adequar aos padrões exigidos pela OCDE.

“O país, por determinação do presidente Jair Bolsonaro, e toda a equipe ministerial, está determinada a cumprir todas aquelas exigências que os países membros da OCDE têm que praticar na sua relação com a sociedade, nas relações com o mundo econômico, nas relações internacionais”, disse o ministro. “O padrão de convivência, o padrão de prestação de serviço e o padrão de regulação do país têm que estar dentro de um standard e nós vamos trabalhar para colocar o Brasil dentro do standard”, acrescentou.

Júnior Santos – República de Curitiba.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios