Embora haja a propagação pessimista, aliás, totalmente negativa por parte da grande mídia de que o governo Bolsonaro em nada avança, os índices contrariam as manobras nas ilhas de edições da emissora “plim-plim’mente” conhecida em dedicar-se a macular a todo custo não somente o governo, mas a pessoa, família e familiares do Presidente Jair Messias Bolsonaro.

A República de Curitiba, por sua vez, faz o caminho inverso “do plim-plim” e divulga os resultados positivos na Economia.

Confira abaixo os números:

A prévia da inflação de outubro é de 0,09%. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) foi divulgado hoje (22) e é o menor registrado para outubro desde 1998, quando foi de 0,01%. O IPCA-15 é a inflação oficial do país.

Segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a alta acumulada este ano está em 2,69%. Nos últimos 12 meses, ficou em 2,72%.

Os grupos de saúde e cuidados pessoais, com 0,85%, e transportes, com 0,35%, foram os responsáveis por puxar o IPCA-15 para cima em outubro.

As principais quedas, que determinaram deflação, ficaram por conta de alimentação e bebidas (-0,25%), habitação (-0,23%) e artigos de residência (-0,21%).

(Fonte: Agência Brasil)

Júnior Santos – República de Curitiba.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: