Em uma entrevista telefônica (31/Out), ao programa Brasil Urgente, do apresentador José Luiz Datena, na TV Bandeirantes, o Presidente Jair Bolsonaro disse que determinou o cancelamento de assinaturas do jornal Folha de São Paulo em órgãos do governo federal em Brasília.

O Presidente Bolsonaro disse:

“Nenhum órgão aqui do meu governo vai receber o jornal Folha de S. Paulo, aqui em Brasília. Está determinado”, declarou Bolsonaro. “Espero que não me acusem de censura.

A ANJ – Associação Nacional de Jornais, lamentou a decisão do Presidente Bolsonaro, alegando que tal atitude diminuiu a pluralidade, o profissionalismo e informações para o governo federal, disse a entidade, em nota.

Em nota a Folha de São Paulo disse:

É mais uma atitude abertamente discriminatória do presidente da República contra o jornal. Vamos continuar agindo como fizemos em outros governos, trazendo notícias relevantes de forma independente e imparcial.

“Quem quiser comprar a Folha de S. Paulo, ninguém vai ser punido por isso, manda o assessor dele, vai lá na banca e compra a Folha de S. Paulo, e se divirta, disse o Presidente Bolsonaro.”

Por: Júnior Santos – Correspondente da República de Curitiba.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: