“Em até um mês e meio a legenda conseguirá as 500 mil assinaturas necessárias para que o partido saia do papel”, disse o Presidente Jair Bolsonaro.

Ficou para a próxima semana a decisão do Tribunal Superior Eleitoral, TSE, sobre a autorização da coleta de assinaturas digitais para criação do partido “Aliança pelo Brasil”, fundado pelo presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com estimativas feitas por Bolsonaro, caso o TSE libere o apoio eletrônico, em até um mês e meio a legenda conseguirá as 500 mil assinaturas necessárias para que o partido saia do papel.

Pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que ainda não há nomes para os diretórios municipais do partido.

“Até o momento não tem ninguém designado, conversado para assumir. Se alguém está falando isso, está se precipitando. O que a gente quer é fazer um partido voltado para a qualidade, e não tanto a quantidade. Mas queremos um partido que atenda o interesse da população”.

Bolsonaro confirma ida à posse de Lacalle Pou, eleito presidente do Uruguai

O presidente aproveitou a transmissão para confirmar presença na posse do presidente uruguaio, Luis Lacalle Pou. O evento está marcado para março de 2020.

(Fonte: Agência Brasil)

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: