Anúncios

Bolsonaro e a reforma administrativa

Bolsonaro: reforma administrativa vai contemplar “números e pessoas”

Governo volta a se reunir no próximo dia 19 para discutir a proposta

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (3/Jan/20) que não há prazo para o envio da reforma administrativa ao Congresso Nacional, pois falta um “polimento” final na proposta. Uma das preocupação do Planalto é tratar o tema com mais sensibilidade e que o assunto não pode estar limitado a números porque esbarra na situação de pessoas que compõem o serviço público no país. 

“Vamos discutir o assunto novamente em uma reunião de ministros, acho que próximo dia 19 do mês em curso. Não dá para a gente consertar calça velha com remendo de aço. Alguma coisa será remendo, outra será reforma”, disse o presidente nesta manhã.

“A reforma administrativa tem que ser dessa maneira. Não vai atingir 12 milhões de servidores. A reforma é daqui para a frente. Mas como essa mensagem vai chegar junto aos servidores? Temos de trabalhar primeiro a informação para depois nós chegarmos a uma decisão”, acrescentou. 

(Fonte: Agência Brasil/ Edição: Carolina Gonçalves)


Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

Anúncios

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: