O Brasil já o conhecia como ator nas grandes telenovelas e em vários produções do cinema nacional, mas o novo desafio é gerenciar a pasta mais cobiçada da esquerda, a Secretaria da Cultura.

Mário Frias, foi o escolhido para ser o sucessor de Regina Duarte. Simpático e autêntico, em suas palavras o jovem; ator, cantor, talentoso e apresentador, externou o seu patriotismo ao se referir ao Presidente Bolsonaro: “Aqui é Jair Bolsonaro”.

Em suas categóricas palavras, em uma entrevista a poucos dias na CNN Brasil, ao ser indagado sobre a saída de um ministro do governo Bolsonaro, ele foi incisivo e disse: “Acho até bom que a gente esteja aqui debatendo a saída de um ministro e não a prisão de um”.

Em um questionamento sobre sua eventual missão na Secretaria da Cultura, ele foi sucinto (objetivo) em suas palavras: “Pra ser bem direto. Pro Jair, para o que ele precisar, eu estou aqui”.

Fonte: Jornal da Cidade.

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: