Empresa americana chega ao Brasil e cadastra interessados em futuras lojas no país

Uma das lojas da Purely CBD nos Estados Unidos

Investimento de mais de 25 milhões e mais de 1000 empregos serão gerados

A Purely CBD, que trabalha com uma ampla variedade de produtos, decidiu expandir suas lojas e abrir oportunidade para empreendedores brasileiros

Em novembro de 2019, a regulamentação de produtos à base de cannabis foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Com isto, produtos feitos com cannabis para uso medicinal podem ser vendidos em farmácias, mediante prescrição médica, e ficam sujeitos à fiscalização da agência. Esta decisão foi um marco para novos investidores e empresários que já vêm apostando no setor.

Segundo levantamento do Banco de Montreal, mercado global de cannabis vai movimentar US$ 194 bilhões até 2026. Atualmente, 40 nações permitem o uso medicinal da erva e outros cinco, o recreativo. Estima-se que, nos próximos cinco anos, 60 países terão de alguma forma autorizado o uso da erva para fins diversos, como cosméticos e bebidas. No Brasil, há um mercado potencial de R$ 4,7 bilhões por ano, nos cálculos feitos pela empresa de dados NewFrontier em parceria com a The Green Hub.

Cannabis nos EUA

Mas nenhum país tem impulsionado tanto os negócios ligados à cannabis quanto os Estados Unidos. De acordo com um relatório publicado pela consultoria Whitney Economics em parceria com o site Leafly, atividades ligadas à cannabis empregam 300 mil pessoas em território americano – mais do que as fabricantes de cerveja, que contam com 69 mil trabalhadores. Projeções mostram que, até 2025, aproximadamente 500 mil americanos deverão ter sua renda associada à indústria da cannabis. Atualmente, a indústria legal da erva movimenta US$ 10 bilhões nos Estados Unidos. Dez estados americanos já legalizaram o uso do produto e 34 liberaram a maconha para fins medicinais.

Projeto para o Brasil

De olho no rápido crescimento deste mercado, a americana Purely CBD, de Arlington (Texas), que trabalha com uma ampla variedade de produtos à base de cannabis, decidiu expandir suas lojas e abrir oportunidade para os brasileiros que queiram estar preparados para sair na frente assim que o negócio for autorizado no Brasil. A empresa lançou, neste mês, um site em português para cadastro de empreendedores que se interessem em reservar praças para a abertura de suas lojas: http://www.PurelyCBD.com.br . Inicialmente, está programada uma loja para cada 200 mil habitantes com projeção de aproximadamente 25 milhões de reais e geração de mais de 1000 empregos.

A Purely CBD foi fundada por Trina Roberts, Jason Roberts e Jason Johnson e fabrica os próprios óleos e produtos CBD usando ingredientes totalmente naturais, o que lhe dá maior controle sobre a qualidade, sabor e resultados. Os óleos puros de CBD são fabricados e engarrafados em instalações de última geração.

“CBD”, uma abreviatura de canabidiol, é um composto químico não psicotrópico encontrado na planta do cânhamo. Na Purely CBD, é usado apenas CBD derivado da planta do cânhamo – não maconha. Seus produtos CBD de amplo espectro não contêm tetrahidrocanabidiol (THC), o ingrediente psicotrópico da maconha que causa uma sensação de euforia. E os produtos Full Spectrum CBD contêm apenas 0,3% de THC ou menos, em conformidade com os requisitos da FDA.

Mais informações sobre oportunidades podem ser obtidas pelo whatsapp +1 (817) 808-2772, com Paulo Generoso, Presidente da Purely CBD Brasil ou pelo email: paulo@thepurelycbd.com

http://www.Purelycbd.com.br para fazer o cadastro.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: