Anúncios

Brasil passou para 4° destino de investimentos no mundo em 2019

O presidente Jair Bolsonaro comentou o resultado na rede social Twitter, ele postou que o quarto lugar obtido pelo Brasil representa a volta da confiança no país.
O Brasil subiu da sexta para a quarta posição entre os principais destinos de investimentos estrangeiros no mundo em 2019. Segundo relatório divulgado hoje (20) pela Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad), o Brasil recebeu US$ 75 bilhões em investimentos externos no ano passado, contra US$ 60 bilhões em 2018.

“O Brasil registrou aumento de 26%, para US$ 75 bilhões, parcialmente impulsionado pelo programa de privatizações lançado em julho como parte dos esforços da administração para acelerar a economia. A primeira dessas privatizações envolveu uma companhia de distribuição de gás – Transportadora Associada de Gás – comprada por um consórcio de investidores liderado pela francesa Engie por quase US$ 8,7 bilhões”, destacou o levantamento.
Os três primeiros lugares do ranking de destino de investimentos ficaram com os Estados Unidos, com US$ 251 bilhões no ano passado; a China, com US$ 140 bilhões, e Cingapura, com US$ 110 bilhões. Os US$ 75 bilhões que chegaram ao Brasil equivalem a mais da metade dos US$ 119 bilhões que a América do Sul recebeu no ano passado.

(Fonte: Agência Brasil)

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

Anúncios

MPF denuncia Glenn e mais 6 pessoas

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou hoje, terça-feira (21/Jan) à Justiça Federal denúncia contra sete pessoas, incluindo o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, responsável pelo site The Intercept Brasil, no âmbito da Operação Spoofing, que apura a invasão de celulares de autoridades. São apontados indícios dos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e interceptação telefônica ilegal.

De acordo com a denúncia, assinada pelo procurador da República Wellington Divino de Oliveira, Greenwald teria auxiliado, orientado e incentivado as atividades criminosas do grupo. O jornalista não chegou a ser investigado pela Polícia Federal (PF). Uma liminar (decisão provisória) concedida em Agosto (2019) pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que Greenwald não fosse investigado ou responsabilizado por receber, obter ou publicar informações de interesse jornalístico. O pedido de liminar havia sido feito pelo partido Rede Sustentabilidade.

Os advogados de defesa do “The Intercept Brasil”, disseram que vão recorrer da decisão e pedir apoio à Associação Brasileira de Imprensa.

(Fonte: Agência Brasil)

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

Palocci afirma que PT usou PCC para lavar dinheiro com empresas no Ceará

O esquema envolveu de propina na compra de imóveis, com um luxuoso apartamento, o Estado do Ceará estaria na lista do esquema.

Delação premiada o ex-ministro Antonio Palocci afirmou que o partido dos trabalhadores PT teria usado por diversas vezes a facção criminosa PCC Primeiro Comando da Capital para lavar dinheiro no Brasil, incluindo o Estado do Ceará.

Palocci, trata de seu envolvimento direto com integrantes de uma rede de lavagem de dinheiro usada pelo crime organizado orquestrado com apoio da facção PCC de São Paulo.

O PCC, no Ceará, foi parceiro de políticos poderosos, bancando-os e financiado-os em campanhas milionárias. O esquema envolveu o uso de propina na compra de vários Imóveis, com um luxuoso apartamento em Moema.

(Fonte: Revista Ceará)

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

Moro dá show no Roda Viva e mostra que está preparado para a política

O Ministro da Justiça Sergio Moro deu “show” na entrevista ao programa Roda Vida e se fortalece como o candidato a vice do Bolsonaro podendo pensar em vôos maiores.

A performance do ex juiz foi elogiada por vários movimentos como a República de Curitiba e muitos jornalistas como Diego Casagrande que afirmou: Moro foi gigante novamente no Roda Viva. Com um detalhe: ele está pegando o traquejo da política, aprendendo a rebater, a esgrimar, a contrapor colocações distorcidas e enviesadas de jornalistas com lado definido. Sem perder a calma e a postura. Em um futuro não muito distante, será um candidato à presidência competitivo…

Exposição Movimento Canarinho: Do Rio Grande do Norte para o Brasil

Aos 18 dias do ano de 2020, em Natal, Rio Grande do Norte, o Brasil conheceu um movimento artístico-cultural que tende a se expandir para os demais Estados do país, trata-se do MOVIMENTO CANARINHO.

Nascido da constatação de que o meio cultural impede o desenvolvimento do trabalho dos artistas que não comungam da ideologia política de esquerda (que ainda seduz boa parte da classe artística), profissionais de várias vertentes criaram uma exposição para marcar a quebra de paradigmas que servirá de inspiração para demais movimentos culturais no decorrer do ano.

“Infelizmente, nas últimas décadas o Brasil tem passado por um processo de decadência cultural enorme, que se traduz no abandono das mais belas e genuínas manifestações artísticas de raiz, em benefício do empoderamento de pseudoartistas comprometidos com partidos políticos socialistas e, pior, também envolvidos muitas vezes com desperdício e desvio de dinheiro público” – explica Erick Guerra, um dos idealizadores do movimento – “É mais do que hora de expor para a Sociedade que os problemas não estão apenas na classe política ou na grande mídia. É na cultura nacional o maior e mais pernicioso estrago.”

A exposição MOVIMENTO CANARINHO estará aberta ao público dos dias 18.01 à 15.02, na Galeria B 612, Bairro da Ribeira em Natal/RN.

O renascimento da arte brasileira e, consequentemente, a valorização dos artistas surgirá de forma espontânea e deverá vir das bases daqueles que produzem cultura, mas que já não encontram espaço para suas expressões e denunciam abertamente o aparelhamento político das instâncias culturais pela Esquerda.

O MOVIMENTO CANARINHO é o início de uma grande e nova onda artistico-cultural que chega por aí, na esteira das grandes mudanças do Brasil atual. É a arte mais viva do que nunca!

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

O Brasil precisa de mais prefeito corajosos como esse cearense.

Prefeito Acilon Gonçalves (PR), sem medo da ideologia.

O Prefeito Acilon Gonçalves (PR), do município de Eusébio (região metropolitana de Fortaleza), anunciou a demissão de seu Secretário de Cultura, após promover apresentações com atores seminus abordando a homossexualidade com toques e beijo gay em praça pública para crianças, jovens e adultos.

Segundo Acilon, “deturpações graves aconteceram ferindo a ética, os princípios religiosos e a moral” durante o evento.

O gestor citou o motivo para justificar a demissão e afirmou que teria a partir de agora ‘total controle’ sobre eventos culturais no município.

A cidade do Eusébio foi a única escolhida do Nordeste para a apresentação do evento circense que pela 1ª vez se apresentou no nordeste na Convenção nacional contando com o apoio financeiro da Prefeitura Municipal.

(Fonte: Revista Ceará)

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

FENAJ culpa Bolsonaro de ataques à imprensa

O presidente Jair Bolsonaro, injustamente atacado pela imprensa

O presidente Jair bolsonaro ironiza um levantamento da Federação Nacional dos Jornalistas fenaj sobre ataques a imprensa.
O relatório da entidade, divulgado na quinta-feira passada, (16.Jan) mostra que 208 ataques a veículos de comunicação e jornalistas foram registrados no ano passado.
Bolsonaro foi responsável por cento e vinte e um desses casos, segunda fenagen, ou 58% do total.

Pelas redes sociais, o presidente reagiu com ironia: ” Hahahahahahaha… Kkkkkkkkkkk.

O comentário foi publicado na conta oficial do Facebook e do Twitter do chefe do Planalto.

Bolsonaro respondeu ainda a um seguidor que perguntou como levantamento chegou ao índice. Pegaram o QI médio da galera da Imprensa. Deu 58,1 escrever o presidente. Nos últimos dias, ele passou a responder internautas diretamente em comentários feitos nas publicações em sua página oficial.

(Fontes: O Estadão e Jornal do Comércio)

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

Em ações da PRF Toffoli desautoriza Moro

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu hoje (16/Jan), uma portaria assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que estabeleceu regras para atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em operações conjuntas de combate ao crime com outros órgãos federais.


Em decisão liminar, o ministro atendeu ao pedido da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF) para suspender a norma. Para a associação, a competência definida pela Constituição para realizar investigações, prevenir e reprimir crimes federais é da PF.
Na Portaria 739, de 3 de outubro de 2019, Moro estabeleceu regras para a participação da PRF em operações conjuntas nas rodovias federais, estradas federais ou em áreas de interesse da União.


Pela norma, a PRF poderia atuar em operações conjuntas com o Ministério Público, Receita Federal e órgãos integrantes do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), por meio de ações ostensivas ou de inteligência, em ferrovias, hidrovias, portos e aeroportos, mas dentro de suas competências legais,


Na decisão, o presidente do STF entendeu que as regras não têm previsão legal e somente o Congresso pode definir as atividades de competência da PRF.

(Fonte: Notibras/André Richter)

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

Em 12 meses emprego formal no Turismo cresceu 330%

“Isso é o reflexo da melhora gradual da economia do País, disse Tadros.”

Segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, temos mais um motivo para comemorar, é que o turismo brasileiro gerou 24.902 novos empregos formais nos 12 meses encerrados em outubro de 2019, com aumento de aproximadamente 330% em relação aos 12 meses imediatamente anteriores encerrados em outubro de 2018.
Com base nos dados do CNC (citado acima) e no CGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados.

O presidente da CNC, José Roberto Tadros, avalia que o resultado da análise reflete a recuperação do setor, em sintonia com a melhora gradual da economia do País. “Grande parte do bom desempenho do mercado de trabalho do turismo, acentuado no segundo semestre deste ano, reflete a estabilidade de preços, com a inflação em declínio, a diminuição das taxas de juros e o impacto favorável da liberação do FGTS sobre o consumo, além da estabilidade do dólar na maior parte do período”, afirma Tadros.

(Fonte: Correio Braziliense)

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

Presidente Jair Bolsonaro decide exonerar o secretário de Cultura Roberto Alvim

Presidente Bolsonaro decide exonerar o secretário de Cultura Roberto Alvim
A decisão de demiti-lo teria vindo após um posicionamento da cúpula militar do governo, que pediu que Jair Bolsonaro agisse rápido

Após citar um ministro nazista em pronunciamento ao anunciar uma série de prêmios artísticos do Governo Federal, o secretário de Cultura do governo Bolsonaro, Roberto Alvim, será exonerado. O homem forte do presidente da República para o setor cultural chegou a dizer que a referência fascista em seu discurso foi uma “coincidência retórica”.

Trecho copiado de Goebbels
No vídeo, Alvim diz que “a arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional, será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional, e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo – ou então não será nada”.

A decisão de demiti-lo teria vindo após um posicionamento da cúpula militar do governo, que pediu que Jair Bolsonaro agisse rápido, antes que a crise causada pelo pronunciamento fascista para anunciar planos de governo ficasse fora de controle. Pouco antes de o presidente expurgar Alvin, ele chegou a dizer, em um programa de rádio, que falou com Bolsonaro que teria entendido “que não houve má intencionalidade e que eu não sabia a origem da menção”.
Alvin comentou sobre a conversa com o presidente da República ao programa Chamada Geral da rádio Gaúcha ZH. “Liguei para ele [Bolsonaro] e expliquei a coincidência retórica. Ele entendeu que não houve má intencionalidade e que eu não sabia a origem da menção”, comentou.

(Fonte: Correio Braziliense/Luiz Calcagno )

Por: Júnior Santos da República de Curitiba.

%d blogueiros gostam disto: